A XGEN possui em sua linha um kit de diagnóstico molecular por PCR em Tempo Real com capacidade para detectar e diferenciar os principais agentes causadores da gripe, o vírus da influenza A (FLUA), o vírus da influenza A H1N1 (H1N1) e o vírus da influenza B (FLUB). O teste molecular realiza a detecção qualitativa de ácido nucleico viral nas amostras clínicas, auxiliando o diagnóstico médico através de uma metodologia muito mais sensível e específica.

Os vírus FLU, devido à sua alta variabilidade e capacidade de adaptação, são os únicos com habilidade de causar epidemias anuais recorrentes, atingindo quase todas as faixas etárias em um curto espaço de tempo. Os vírus sazonais evoluem continuamente, o que significa que as pessoas podem se infectar várias vezes ao longo das suas vidas. Portanto, a diferenciação dos subtipos de influenza é de extrema importância para este monitoramento epidemiológico e tratamento adequado para o paciente.

Doenças respiratórias causadas por infecção pelo vírus influenza são difíceis de distinguir daquelas causadas por outros patógenos respiratórios, com base apenas em sinais e sintomas. A gripe está entre as causas mais comuns de infecções respiratórias, geralmente não apresenta complicações sendo caracterizada pelo aparecimento de sintomas como febre, mialgia, cefaleia, mal-estar, tosse e dor de garganta, que duram entre 3 a 15 dias. Porém em idosos, gestantes, crianças e pessoas com doenças crônicas (como asma, doenças cardíacas ou pulmonares e portadores de HIV/AIDS) pode causar pneumonia e outras complicações pulmonares, estando associada a uma elevada taxa de mortalidade.

O tratamento apropriado de pacientes, principalmente nesse grupo de maior risco, depende de um diagnóstico preciso e oportuno. O diagnóstico precoce da gripe pode reduzir o uso inadequado de medicamentos e a possibilitar a aplicação da melhor terapêutica ao paciente.

A PCR em Tempo Real pode identificar a presença do RNA viral da Influenza em amostras respiratórias com sensibilidade e especificidade muito mais altas do que as técnicas comuns. O kit da XGEN Multiplex Influenza é capaz de diferenciar os tipos A, B e H1N1 em um único teste. O uso de métodos moleculares tem sido apontado como uma das principais ferramentas para o diagnóstico de doenças infecciosas. A partir de pesquisas desenvolvidas em virtude da epidemia de influenza A H1N1 em 2009, a PCR em Tempo Real foi preconizada pelo CDC como sendo a mais eficiente para a confirmação desta patologia na população.

Vantagens do Kit Xgen Multi Flu:
– Resultados rápidos e precisos em até 2 horas e meia.
– Os ensaios moleculares possuem maior sensibilidade e especificidade para a detecção dos vírus influenza do que outras metodologias.
– O Kit XGEN Multi Flu pode detectar simultaneamente os principais subtipos do vírus influenza, como o subtipo H1N1, com interpretação rápida e fácil.
– A interpretação dos dados gera resultados confiáveis para o acompanhamento do nível de atividade do vírus influenza na comunidade.

Fonte: XGEN – Diagnóstico Molecular por PCR em Tempo Real

15/12/2016

Detecção simultânea dos subtipos do vírus Influenza em um único teste

A XGEN possui em sua linha um kit de diagnóstico molecular por PCR em Tempo Real com capacidade para detectar e diferenciar os principais agentes causadores […]
05/10/2016
Pesquisador cruzou dados de diversos estudos internacionais sobre infecções por vírus Adenovirus 36 e apresentou teoria no Congresso Brasileiro de Nutrologia. foto: freedigitalphoto

Adenovirus 36 pode ser principal causa do aumento da obesidade no mundo

Cerca de 30% dos obesos no mundo estão infectados pelo Adenovirus 36, que pode ser a principal causa do aumento da doença obesidade em todo mundo, […]